gallery/rinoplastia-em-salvador-bahia-melhor-renomado-os-recomendados-melhores-harmonização-cirurgia-plastica-otorrino-preço-facial-são-paulo-cirurgião-dr-gabriel-bijos-faidiga-plástico-foto-perf (9)
Ainda com dúvidas?

FALE COM O DR. GABRIEL BIJOS - RINOPLASTIA

Contato
gallery/rinoplastia-em-salvador-bahia-melhor-renomado-os-recomendados-melhores-harmonização-cirurgia-plastica-otorrino-preço-facial-são-paulo-cirurgião-dr-gabriel-bijos-faidiga-plástico-foto-perf (5)

Estou criando este blog do otorrino, gradativamente, assim, sempre terei novidades e novas informações. Caso você tenha algum comentário, dúvida ou sugestão ficarei feliz em escrever e postar aqui no blog. Assim, fico aguardando seu contato.

 

Saiba mais, conheça um pouco da minha vida:

 

O que é a dor de garganta?

 

Na medicina temos dois fatos muito importantes a serem avaliados na anamnese dos pacientes. São eles os sinais e sintomas. Os sinais são aqueles que conseguimos ver nos doentes, no caso da dor de garganta, seriam o pus e a vermelhidão, entre outros que discutirei abaixo. Os sintomas são aqueles que o paciente relata, que ele sente. Ou seja, a dor de garganta se enquadra num sintoma, assim como a sensação de uma bola na garganta.

 

Em geral, a sintomatologia da dor de gargante abrange outros itens.  Ela pode ser muito dolorosa ou pouco, relatado apenas como um incomodo na garganta. Sempre indica um sintoma inflamatório, acompanhado ou não de infecções (virais vs. bacterianas).

 

Nos casos de inflamações leves, muitas vezes cessa com o tempo, ou ainda com o uso de anti-inflamatórios simples. (cuidado com a automedicação, veja na página de vício em neosoro, os riscos inerentes ao uso de medicações, sem supervisão médica). O uso de anti-inflamatórios está entre as duas principais causas de intoxicação por medicação do CEATOX, centro de toxicologia do Hospital das Clínicas de São Paulo.

 

Nos casos em que a inflamação é causada por infecção, seja ela viral ou bacteriana, deve-se procurar o melhor otorrino de sua cidade. Ainda no caso de inflamação leve, caso não se resolva sozinho ou sem uso de medicação, deve-se procurar o otorrino também.

Dor de Garganta

 

 

amigdalite, faringite, laringite, adenoidite e outras ites que tem por ai......

 

Podemos ainda ter as laringites, ou seja, quando ocorre a infecção na laringe, com isso pode haver ainda tosse e disfonia (rouquidão, afonia ou dor ao falar) quando as pregas vocais (ou cordas vocais) são atingidas.

 

Podemos ter as faringites, ou seja, quando a infecção ataca primordialmente a faringe. Com isto a dor está mais focalizada na faringe, levando a disfagia (dor e dificuldade para engolir) e em alguns casos dor para falar. Muitas vezes é referida a dor na parede de trás da garganta ou dor atrás da língua.

 

A causa mais conhecida de todos, as amigdalites. Neste caso, as dores de garganta se localizam na glândulas no fundo da boca. No exame físico conseguimos ver as amígdalas vermelhas, inchadas e com secreção. A secreção muitas vezes está associada ao inchaço, apresentando-se como uma placa branca nas amígdalas, estas são fibrinas. Muitas vezes confundidas com pus. Apesar de que o pus, em alguns casos de infecção viral na garganta pode estar presente. Portanto, não é um sinal patognomônico de infecção bacteriana, como muitos pensam.

 

Podemos ainda ter um quadro de infecção viral cujos vírus tem nomes específicos, como nas infecções por monunucleose (Epstein barr) – que é a doença do beijo ou nas herpanginas (coxsackie vírus, enterovírus ou vírus herpes simplex).

 

Por fim, um das mais temidas as amigdalites bacterianas. Neste caso os sintomas geralmente são sistêmicos, ou seja, o mal estar passa a ser alem da garganta, no corpo também. Essas infecções na maioria dos casos causam febre alta, maior que 38.5 graus, praticamente não observamos tosse, há infarto ganglionar no pescoço (ínguas) e observamos placas purulentas nas amígdalas.

 

Nas causas não infecciosas temos principalmente o refluxo laringo faringo, que pode levar a incomodo na garganta.

 

 

Assim, o ar não é filtrado, não é hidratado, umidificado, aquecido. Este ar “despreparado” ao entrar pela boca e atingir a parede posterior da orofaringe, provoca dor local, além claro da sensação de ressecamento.

 

 

Quais os riscos e complicações das dores de garganta?

 

Os quadros não infecciosos praticamente não identificamos nenhum risco do não tratamento. Assim, gosto de dizer que se não forem tratados adequadamente, apenas a dor de garganta que continuará existindo, ou seja, não há complicações como veremos abaixo.

 

Nos quadros virais depende muito da região acometida. Por exemplo, uma laringite, se não tratada adequadamente, associada a um abuso do uso da voz (lembra que a pessoa já estava sem voz, deveria se resguardar) pode progredir com a formação de lesões do tipo pólipos ou nódulos nas pregas vocais.

 

Caso a infecção seja um faringite, pode evoluir para uma rinossinusite.

 

As complicações mais temidas são das amigdalites bacterianas. A complicação mais observada são os abscessos periamigdalianos, ou seja, a formação de uma bolsa de pus ao redor da amidgala.

 

O abscesso periamigdaliano exige internação hospitalar, na maioria dos casos uso de antibióticos intravenosos e drenagem. Os antibióticos devem atingir uma gama de bactérias anaeróbicas e aeróbicas, uma vez que se tratam de flora polimicrobiana. Dos abscessos periamigdalianos advêm outros riscos, como a dissecção e contaminação do pericárido. Isso mesmo, infecção no coração, em virtude de uma dor de garganta que evolui mal.

 

 

Como devo alimentar uma pessoa com dor de garganta?

 

A alimentação deve ser semelhante a do pós operatório de amígdalas, ou seja, dieta branda, evitando alimentos duros e secos, que a ingestão é mais difícil. Prefira alimentos líquidos e pastosos. Evite muito condimento e sal. Evite ainda sucos e frutas cítricas, ou seja, acidas, como abacaxi, limão, laranja e banana.

 

Deve-se manter a hidratação a todo custo. Mesmo que a pessoa não consiga comer, seja por falta de apetite ou por dor, a ingestão hídrica não pode parar.

 

Procure repousar, evite atividades físicas e atividades laborais desgastantes.

 

Evite, é claro, a ingestão de bebidas alcoólicas, elas irritam ainda mais a garganta.

 

 

Quem devo procurar se eu tiver uma dor de garganta?

 

 

O otorrino é a resposta. O Dr. Gabriel Bijos é médico otorrino em Salvador, São José dos Campos e São Paulo. Se você estiver nestas localidades pode procurá-lo na clínica otorrino Dr. Gabriel Bijos – Otorrino e Rinoplastia. Caso você não tenha acesso ao melhor otorrino em sua cidade, talvez seja interessante o otorrino Salvador, São José dos Campos ou São Paulo. Se precisar, procure a emergência otorrino Salvador (clínica otorrino Dr. Gabriel Bijos), pronto atendimento otorrino São José dos Campos ou pronto socorro mais próximo.

 

 

Tem alguma dúvida, precisa de mais algum esclarecimento?

 

 

Me escreva, faço questão em responder todos os questionamentos que me são feitos, assim, meu blog fica mais completo e posso ajudar um número maior de pessoas nas diversas localidades do Brasil.

gallery/rinoplastia-em-salvador-bahia-melhor-renomado-os-recomendados-melhores-harmonização-cirurgia-plastica-otorrino-preço-facial-são-paulo-cirurgião-dr-gabriel-bijos-faidiga-plástico- (5)

Quais são as principais causas de dor de garganta?

 

 

Conforme já mencionado acima, as infecções são as principais causas. Podem ser dor de garganta viral ou dor de garganta bacteriana.

 

 

Nas virais temos as gripes e resfriados, causando dores de garganta. Infecções estas difusas, sem localização exata.

gallery/rinoplastia-em-salvador-bahia-melhor-renomado-os-recomendados-melhores-harmonização-cirurgia-plastica-otorrino-preço-facial-são-paulo-cirurgião-dr-gabriel-bijos-faidiga-plástico- (4)

Ainda temos o caseum ou caseos amigdalianos, que são restos de comida e restos de células que ficam presos nas criptas amigdalianas. Enquanto não são expelidos, podem provocar dor, além claro de halitose, ou mal hálito.

 

Temos ainda uma das principais causas observadas no inverno, que é a obstrução nasal. Como assim? Nas localidades do Brasil em que o clima no inverno é seco, quando há o entupimento nasal, os pacientes começam a respirar pela boca.

Entre em contato, deixe sua opinião sobre o blog e o tema:

Nome  
E-mail  
Cidade  
Mensagem  
gallery/rinoplastia-em-salvador-bahia-melhor-renomado-os-recomendados-melhores-harmonização-cirurgia-plastica-otorrino-preço-facial-são-paulo-cirurgião-dr-gabriel-bijos-faidiga-plástico-foto-perf
gallery/rinoplastia-em-salvador-bahia-melhor-renomado-os-recomendados-melhores-harmonização-cirurgia-plastica-otorrino-preço-facial-são-paulo-cirurgião-dr-gabriel-bijos-faidiga-plástico-foto-perf (7)
  • Dr. Gabriel Bijos
  • Porque o Dr. Gabriel Bijos
  • Rinoplastia
  • Otorrino
  • Cirurgia Segura
  • Acolhimento médico
  • Blog do Otorrino
  • Alectomia
  • Dor de Garganta
  • Entendendo a Rinoplastia
  • Dacriocistorrinostomia
  • Vício em Neosoro
  • Rinomodelação

Artigos Disponíveis: